06 novembro 2014

Dia cinzento


Dia frio e chuvoso 
Nada acrescento
É tudo cinzento...
Ermita sou
Dentro de mim 
Silencio e calo
As dores da alma...

Há dias assim...

Não vejo cores
Nem sinto odores...
Os ventos gelados
Varreram p'ra longe
Aguarelas coloridas
Deixando na alma
O cinzento frio
Sem o aconchego das cores
Quentes do Amor...

Céu Vieira - 06-11-2014

2 comentários:

  1. Há muito tempo que aqui não vinha. Continuo a encontrar imagens de artista. Parabéns

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, pela visita e comentário!! :)

      Eliminar